Especialização do consumidor não permite coexistência de marcas que atuam em mercado congênere 05/05/2016

A 4ª turma do STJ fixou nesta quinta-feira, 5, que produtos adquiridos por consumidores especializados não têm o condão de permitir a coexistência de marcas consideradas semelhantes e atuantes em segmento mercadológico congênere. A decisão foi unânime com a adesão dos ministros Antonio Carlos, Raul e Buzzi ao voto do relator, […]