Sistema que integra consulta a processos é implantado em 20 tribunais, diz CNJ, 30/12/15

O Conselho Nacional de Justiça anunciou que o Escritório Digital — sistema que integra a consulta de processos — está sendo implantando em 20 tribunais. Quando o projeto estiver implantado em todo o país, os operadores do Direito não precisarão mais acessar os sites de todos os tribunais em que as ações tramitam.

Os primeiros órgãos a serem integrados à plataforma foram o Tribunal Regional Federal da 3ª Região (SP e MS) e o Tribunal de Justiça do Mato Grosso, além do próprio CNJ. Além destes, o Tribunal de Justiça do Distrito Federal opera um projeto-piloto desde o fim do primeiro semestre deste ano.

O Escritório Digital foi lançado em junho deste ano pelo presidente do CNJ e do STF, ministro Ricardo Lewandowski, e pelo presidente do Conselho Federal da Ordem dos Advogados do Brasil, Marcus Vinícius Furtado Coêlho.

As próximas cortes que serão integradas ao Escritório Digital serão o Supremo Tribunal Federal; o TRF da 1ª Região; e os TJs do Espírito Santo, de Sergipe, de Rondônia, da Paraíba e de Roraima.

Segundo o gestor dos projetos de informática no CNJ, o juiz auxiliar da Presidência Bráulio Gusmão, a próxima etapa é lançar o módulo de petição inicial, que está em fase final de elaboração. Com informações da Assessoria de Imprensa do CNJ.

FONTE: Conjur