TST condena empresa por premiar empregados que usavam menos o banheiro

SÃO PAULO – O Tribunal Superior do Trabalho (TST) condenou a Agropel Agroindustria Perazzoli por controlar as idas ao banheiro de seus empregados e premiar os que menos o utilizavam. Ao julgar uma reclamação trabalhista contra a empresa, os ministros da 5ª Turma decidiram que houve lesão à dignidade humana e impuseram a indenização de R$ 5 mil

Este trecho é parte de conteúdo que pode ser compartilhado utilizando o link http://www.valor.com.br/legislacao/4183306/tst-condena-empresa-por-premiar-empregados-que-usavam-menos-o-banheiro ou as ferramentas oferecidas na página.
Textos, fotos, artes e vídeos do Valor estão protegidos pela legislação brasileira sobre direito autoral. Não reproduza o conteúdo do jornal em qualquer meio de comunicação, eletrônico ou impresso, sem autorização do Valor (falecom@valor.com.br). Essas regras têm como objetivo proteger o investimento que o Valor faz na qualidade de seu jornalismo.

 

Por VALOR ECONÔMICO