Imobiliário – Em abril, valores de locação residencial permanecem estáveis na Capital – 20/5/2015

Em abril, o valor dos aluguéis de casas e apartamentos localizados na cidade de São Paulo permaneceu estável em relação a março, revela pesquisa mensal do Secovi-SP (Sindicato da Habitação). Em comparação com abril de 2014, a variação acumulada atingiu 1,5%, percentual bem inferior à inflação medida pelo IGP-M (Índice Geral de Preços – Mercado), da Fundação Getúlio Vargas (FGV), que registrou 3,6% no mesmo período.

“Desde outubro de 2014, em todos os meses o valor de locação tem perdido para o IGP-M de igual período”, afirma Mark Turnbull, diretor de Locação do Secovi-SP. “E essa diferença vem sendo ampliada. Em outubro, era de somente 0,2 ponto percentual. Agora, atinge 2,1 pontos percentuais.”

O valor dos imóveis de 1 dormitório apresentou retração de 0,5% em abril. Já o preço das unidades de 2 quartos registrou alta de 0,4%, enquanto o valor dos imóveis de 3 dormitórios permaneceu estável.

No mês de abril, a modalidade de garantia mais comum foi o fiador, responsável por quase metade das locações efetuadas: 47,5%. O segundo tipo de garantia mais frequente foi o depósito de até três meses de aluguel, utilizado em 33% dos imóveis alugados. O seguro-fiança foi usado em 19,5% das moradias locadas.

Os imóveis alugados mais rapidamente foram as casas, ocupadas num período entre 15 e 37 dias. Os apartamentos foram locados num período mais lento: o IVL (Índice de Velocidade de Locação), que mede em número de dias quanto tempo se leva até a assinatura do contrato de aluguel, apontou prazo médio entre 23 e 47 dias.

Bairro da Mooca

Mensalmente, a Pesquisa de Locação do Secovi-SP analisa dados históricos dos valores de locação residencial negociados por bairros. Neste mês, destaque para a Mooca, um distrito localizado na região Leste do município de São Paulo, com área equivalente a 7,97 km². Conforme o Censo 2010 do Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE), o distrito possui 26.456 domicílios e aproximadamente 75,6 mil habitantes. O rendimento médio mensal das pessoas responsáveis pelos domicílios é de R$ 3.659

De acordo com a pesquisa mensal do Secovi-SP, imóveis em bom estado de conservação e vaga de garagem contratados em abril registraram valor médio por metro quadrado útil/construído de R$ 23,85 para unidades de 1 dormitório; de cerca de R$ 20,80, para as de 2 dormitórios; e de R$ 18,47, para as de 3 quartos.

Considerada a série histórica no período de abril de 2008 a abril de 2015, os aluguéis residenciais aumentaram 130% para os imóveis de 1 dormitório, 88% para os de 2 dormitórios e 68% para os de 3 quartos. No mesmo período, a variação média no município foi de 94% e o IGP-M, de 49%.

Confira a íntegra da pesquisa.

http://www.secovi.com.br/noticias/em-abril-valores-de-locacao-residencial-permanecem-estaveis-na-capital/9422/