TRIBUTÁRIO: Reforma do PIS/COFINS só atingirá a indústria

Diante da forte reação contrária do setor de serviços, o governo decidiu alterar a sua proposta para a reforma do PIS e da Cofins, de acordo com fonte credenciada da área econômica. Agora, as mudanças só valerão para a indústria, que já paga os dois tributos no regime não cumulativo, ou seja, com o desconto dos créditos das etapas anteriores da produção.

“O Governo Brasileiro estuda alterar as regras de apuração do PIS e COFINS para indústrias, para ampliar a possibilidade de créditos destes tributos. Recentemente a Justiça reconheceu o direito de creditamento destes tributos sobre gastos com mão de obra terceirizada. A tendência é aumentar a possibilidade de créditos tendo em vista que no passado o aumento da tributação foi da ordem de 153%, ou seja, de 3,65% para 9,25% sobre a receita bruta, com limitação dos supostos créditos. A expectativa é iniciar a alteração do creditamento do PIS e depois para a COFINS. A expectativa é grande tendo em vista que estes tributos são responsáveis por mais de 80% do contencioso tributário entre contribuintes e Fisco Federal. Estamos monitorando e tão logo tenhamos novidades, comunicaremos.”, comenta o Dr. Yuri Guimarães Cayuela, head da área tributária do Cerqueira Leite Advogados.


Fonte: http://www.valor.com.br/brasil/5224813/reforma-do-piscofins-so-atingira-industria

Fale Conosco   arrow

Encontre as informações que precisa sobre nossos serviços   

CERQUEIRA LEITE ADVOGADOS ASSOCIADOS.

Receba nossa Newsletter, cadastre seu e-mail