O Head da área Ambiental e Regulatória do CLA, Dr. Douglas de Castro, publica artigo na Revista de Direito Internacional do UNICEUB

AS INSTITUIÇÕES INTERNACIONAIS COMO PROMOTORES DE VIOLÊNCIA SISTÉMICA E SIMBÓLICA – ABORDAGEM FEMINISTA DO REGIME DE MUDANÇAS CLIMÁTICAS

O regime de mudança climática é formado para melhorar os impactos das atividades antropocêntricas sobre o meio ambiente. A estrutura do regime é formada por acordos internacionais multilaterais que reproduzem uma lógica colonial na qual as metanarrativas são usadas para lançar a sombra da dominação através da linguagem do direito internacional. Neste estudo, as metanarrativas são contestadas pela teoria feminista, que fornece as ferramentas dialéticas para expor a tentativa de perpetuar a dominação e exclusão por intermédio do direito.

Veja o artigo completo em:

https://www.publicacoesacademicas.uniceub.br/rdi/article/view/4837

Fale Conosco   arrow

Encontre as informações que precisa sobre nossos serviços   

CERQUEIRA LEITE ADVOGADOS ASSOCIADOS.

Receba nossa Newsletter, cadastre seu e-mail